terça-feira, 30 de agosto de 2016

Delta

Ah, a vida era bem mais fácil quando não se tinha perspectiva.
Quando tanto fazia o amanhã, ás vezes cogitando nem mesmo ter um.
Mas as coisas mudam muito quando você começa a almejar alguma coisa
e agora a incerteza é aterrorizante.
Fui inventar de querer o difícil, ainda por cima.
Um certo gosto por superar as dificuldades,
provar para todos a minha capacidade e,
mais importante ainda, provar à mim mesma.
Tem dia que é só desânimo e tem dia que a gente sente as coisas fluírem.
No restante dos dias, a gente corre atrás.
Sua a camisa, sente as dores físicas e emocionais, perde noites, ganha dias, descobre, inventa, reinventa, ajuda e é ajudado, não pára.
Só não pára.
Se parar a gente perde fôlego, se torna inconstante.
Malditas variáveis.


Nenhum comentário:

Postar um comentário