quinta-feira, 7 de julho de 2016

Sobre hábitos ruins

Apaguei a luz e fiz miose
Curiosamente vi o que a luz não me mostrava
Apaguei a luz e fumei um cigarro
E curiosamente concluí o que pensava

Ver e concluir
Que às vezes
Ser o que és
Pode ser desagradável
Quando terceiros
São o que são.

Mas concluir não basta.
Não quando colocar em prática no dia seguinte depende de outrem.

Até que ponto descobrir ajuda?
(Ajuda?)
Até que ponto adianta?
(Atrasa?)

Ah, irremediável essência.
És tu o verdadeiro problema.
E problemática.


3 comentários:

  1. E assim, cada vez mais, nos isolamos. Mesmo sem querer. O pior é que, depois de um tempo, passamos a querer. Só falamos quando alguém fala com a gente. Só saímos quando a solidão está no limite e com quem é extremamente confiável. Talvez seja nossa culpa. Talvez seja dos outros. Ou então, mais provavelmente, de todos. Às vezes nada se encaixa e não há nada que possa ser feito. Só resta aceitar. Mas é complicado aceitar.
    Bem, ao menos comigo, acho que é assim. Acredito que todos são sozinhos lá no fundo. O que é triste e não deveria ser assim. E sinceramente espero que não seja assim para sempre (depois de partirmos). Desculpe se eu interpretei algo errado (provavelmente). Essas coisas são difíceis de se entender e obviamente eu não sei o que se passa por aí, in your mind.
    Enfim, incrível seu texto, como sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taí algo que me corrói todos os dias: se sou a culpada ou se os outros são culpados, e no final chego à terrível conclusão de que provavelmente eu sou a culpada pelos outros serem culpados. "Ás vezes nada se encaixa e não há nada pode ser feito" sim. Sim. Ando tentando sair dessa inércia mas toda vez que começo a pensar nisso despenco em vertigem.

      Nada a desculpar, Kazuo, obrigada =))

      Excluir
    2. Mesmo se for, a sua culpa não justifica a dos outros, Lari. Pelo menos não deveria. Cada um é o que é.
      Acho que nada pode ser feito porque somos insignificantes, e qualquer um que pensar nisso pira na batatinha. =p

      Excluir