domingo, 17 de janeiro de 2016

Tenho medo de perder as pessoas.
Não temo o abandono, mas a fuga da existência.
Sei como é a sensação de querer não mais existir
e me preocupa saber que outros ao meu redor
também circulam por esses vales.

Não sei lidar. 
Quero ser luz pra essas pessoas mas sinto que vivo no escuro.