domingo, 21 de dezembro de 2014

Às vezes trancada fora da própria realidade
não necessariamente por opção, por necessidade.
" o torpor que a embalava era doce."

Falta de percepção

A gente se engana.
A gente sofre, mas a gente engana os outros.
Os outros não sofrem junto, estão sendo enganados.
A gente chora e às vezes a gente morre.
Os outros não entendem, nunca perceberam a enganação.
Os outros finalmente sofrem, mas não é mais culpa da gente.
É culpa dos outros.

Não entenderiam

Lágrimas invisíveis e soluços inaudíveis em seu quarto escuro.
Ninguém entendia o porquê, ninguém conhecia a extensão de sua tristeza.

Mas se conhecessem, não entenderiam.