terça-feira, 26 de novembro de 2013


Era muito claro,
o menino queria voar.
mas ele queria voar porque viu os pássaros,
e se ele não tivesse visto os pássaros?
o que ele ia querer?

Não obstante a essas questões,
os pés do menino continuavam no chão.
(Felipe Portugal)

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Covarde [2]

Em um dia normal,
descia a rua da Bahia pensando em suicídio.
Era apenas um dia normal.

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Covarde

Era uma noite chuvosa, dessas em que o vento uiva.
Perfeita pra se matar.
Não o fiz.

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

E seus problemas morreram junto

Tivera um dia
exatamente
como todos os outros.
Chegou em casa.
Mas foi embora, em seguida.
Refugiou-se no vazio.
Cortou os próprios pulsos.
Sangrou lentamente,
até perder a consciência.
Morreu.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

O preço

 Os olhos inchados davam a impressão de um choro que na verdade nunca deixara de ser silencioso.
 A garganta seca indicava indignação por trás de palavras nunca proferidas; um silêncio que mais tarde, com o passar do tempo, se mostraria caro demais.
 Sua tristeza toda possui um certo valor inestimável: um valor perigosamente alto e frágil.
 Vale uma vida.

(Escrito em 23/06/13)

quarta-feira, 15 de maio de 2013

"O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente"
                Fernando Pessoa             

domingo, 12 de maio de 2013

Eu não sei

Sei lá.
Mês esquisito.
Tô bem. Mal.
Não sei....
Não me sinto confortável, só quero paz.
Como antes.
Mas será?

Bons tempos? 
Não me lembro....

segunda-feira, 25 de março de 2013

O Sentir [2]

Um daqueles dias estranhos onde o cansaço irrompe em lágrimas.
Escorre, também, a tristeza.
As lembranças e insatisfações.
Alguns de nós nascem pra ser tristes e disfarçam muito bem.
Essa coisa de tratar os sintomas não dá certo.
Nunca deu. Sentimos na pele.
A dor.
E as lágrimas.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Saudade


Sentia sua falta ao fim do dia.
O sofá parecia grande demais sem ele, e a cama, vazia.