terça-feira, 5 de junho de 2012

humanity

Vejo seres humanos,
mas não vejo humanidade.
Sentimentos se perdem,
a grosseria se expande...
Já está passando da hora
de aprender a agir em prol dos outros.
Parar de olhar pro próprio umbigo e começar a olhar pra frente.
Até porque se fosse pra ser visto o tempo todo o umbigo não ficaria na barriga,
fazendo com que andes cabisbaixo para ser focado.
É preciso andar erguido, mas tomar também cuidado
para não erguer demais e acabar nariz em pé.

Nenhum comentário:

Postar um comentário