segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Relatos


Hoje chove  Faz frio, por dentro.
Por fora a mesma mórbida temperatura de sempre.
Dificilmente, percebo que a chuva tão cedo não irá parar.
E não há como fazê-la parar.
Sinto-me inútil, mais uma vez.
Com sorte, um arco-íris virá me animar.
Talvez o calor de suas cores possa aquecer e espantar a tristeza encontrada,
recentemente,
dentro de mim. Quem sabe?
Por hora, apenas chove.

Nenhum comentário:

Postar um comentário